Análise do desenvolvimento econômico da Base Industrial de Defesa brasileira

Autores

  • Giovanna Bernardes Ferreira Departamento de Financiamentos e Economia de Defesa (DEPFIN-MD)
  • Bruno da Silva Suhett Departamento de Financiamentos e Economia de Defesa (DEPFIN-MD)
  • Carlos César de Castro Deonisio Departamento de Ensino do Ministério da Defesa (DEPENS/MD)

Palavras-chave:

BID, PIB, Desenvolvimento, Exportações, Políticas públicas

Resumo

Este artigo pesquisa o desenvolvimento da Base Industrial de Defesa brasileira – BID, sob o aspecto econômico. O objetivo é avaliar o crescimento da indústria de defesa a partir dos anos 2000, principalmente no que diz respeito às exportações e ao Produto Interno Bruto - PIB. Em primeiro lugar, faz-se uma contextualização geral, apresentando termos relevantes. Posteriormente, caracteriza-se as empresas que compõem a BID, de forma a entender o perfil empresarial do setor. Além disso, estuda-se a posição que o Brasil ocupa no mercado mundial de defesa. Avalia-se, também, as exportações brasileiras, importantes no sentido de, por exemplo, ampliar o mercado consumidor dos produtos brasileiros. Por fim, apresenta-se, brevemente, a importância da formulação de políticas públicas para o desenvolvimento da BID.

Referências

AMBROS, Christiano Cruz. Indústria de Defesa e Desenvolvimento: controvérsias teóricas e implicações em política industrial. Austral: Revista Brasileira de Estratégia e Relações Internacionais, Porto Alegre, v. 6, n. 11, p. 136-158, jan. 2017.

BOHN, E. C. Indústria de Defesa e Processos de Aquisição no Brasil: uma sugestão de debate baseado em modelos para países em desenvolvimento. 2014. Dissertação (Mestrado em Estudos Estratégicos Internacionais) – Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/ handle/10183/103915. Acesso em: 06 maio 2022.

BRASIL. Ministério da Defesa. Portaria Normativa N° 86/GM-MD, de 13 de dezembro de 2018. Estabelece procedimentos administrativos para o credenciamento, descredenciamento e avaliação de Empresas de Defesa - ED, Empresas Estratégicas de Defesa - EED e para a classificação e desclassificação de Produtos de Defesa - PRODE, e Produtos Estratégicos de Defesa - PED. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ed. 241, 17 dez. 2017. p. 25-26. Disponível em: https://www.in.gov. br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/ content/ id/55442911/do1-2018-12-17-portaria-normativa-n-86-gm-md-de-13-de-dezembro-de-2018-55442698. Acesso em: 15 jun. 2021.

BRASIL. Universidade de São Paulo. Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Mensuração da Base Industrial de Defesa e Segurança. São Paulo: FIPE, 2021.

DAGNINO, Renato. A revitalização da Indústria de defesa brasileira: uma contribuição ao processo decisório. Carta Internacional, [s. l.], jun. 2008. Disponível em: https://cartainternacional.abri.org.br/Carta/article/ download/439/199/1346. Acesso em: 06 maio 2022.

DRÈZE, Jean. Military Spending and Economic Growth. In: ELGAR, Edward. The Elgar companion to development studies. Cheltenham: Clark, 2006. p. 377-381.

FERNANDES, Clístenes Guella. Um Estudo sobre a Utilização de Tecnologia Dual no Setor Automotivo. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 8., 2011, Resende. Anais […]. Resende: SEGET, 2011. p. 1-10.

LONGO, W. P. Conceitos básicos sobre ciência, tecnologia e inovação. [S. l.: s. n.], 2007. Disponível em: www.waldimir.longo.nom.br/publicações.html. Acesso em: 25 mar. 2009.

LONGO, WALDIMIR PIRRÓ E. Indústria de Defesa: Pesquisa, Desenvolvimento Experimental e Engenharia. Revista da Escola Superior de Guerra, Rio de Janeiro, v. 25, n. 52, p. 7-37, jan./jun. 2011. Disponível em: https://revista.esg.br/ index.php/revistadaesg/article/ download/254/225. Acesso em: 05 maio 2022.

LONGO. W. P. Ciência e Tecnologia e a Expressão Militar do Poder Nacional: histórico da interação. Revista A Defesa Nacional, Rio de Janeiro, v. 732, n. 107,1987.

STOCKHOLM INTERNATIONAL PEACE RESEARCH INSTITUTE (SIPRI). SIPRI Arms Transfers Database. Sweden, 2021. Disponível em: https://www.sipri.org/ databases/armstransfers. Acesso em: 18 jun. 2021.

STOCKHOLM INTERNATIONAL PEACE RESEARCH INSTITUTE (SIPRI). World military spending rises to almost $2 trillion in 2020. Sweden, 26 apr. 2021. Disponível em: https://www.sipri.org/media/ press-release/2021/world-military-spending-rises-almost- 2-trillion-2020. Acesso em: 18 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Edição

Seção

Artigos de Revisão