Gestão de segurança e plataformas digitais

appificação dos relatórios de prevenção da Força Aérea Brasileira

Autores

  • Eduardo Alves de Oliveira Segundo Esquadrão do Quinto Grupo de Aviação (2º/5º GAv)

Resumo

Na Força Aérea Brasileira, assim como na aviação em geral, o gerenciamento do risco está presente em diversas camadas da organização. Existem inúmeras atividades para a prevenção de acidentes aeronáuticos, entre elas estão os relatórios de prevenção(RELPREV). Esses relatórios são confeccionados pelos operadores que observem quaisquer condições que possam gerar risco para a atividade e afetar a segurança de voo. Atualmente, eles podem ser confeccionados somente por meio físico ou por computadores disponibilizados nas Bases Aéreas. Considerada a atual dependência que as pessoas atualmente possuem dos dispositivos móveis, em especial dos smartphones, aliada à praticidade que essa ferramenta proporciona para o usuário, este trabalho apresenta um estudo do processo de coleta dos dados e desenvolvimento de um web aplicativo, com vistas à aplpificação dos relatórios de prevenção.

Referências

ALMEIDA, N. M. Comportamento do consumidor: a influência do smartphone no processo de decisão do consumidor. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração) - Escola de Administração, Núcleo de Pós- Graduação em Administração, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2016. 156f. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ bitstream/ri/23848/1/Nayane%20Monteiro.pdf. Acesso em: 16 de out. de 2021.

BENITE, A. G. Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho para empresas construtoras. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Mestrado em Engenharia) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: https:// teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-27102004- 101542/publico/AndersonBenite.pdf. Acesso em: 16 de out. de 2021.

BESSI, P. Fator humano na investigação e prevenção de acidentes aeronáuticos: um estudo de caso com a aeronave PR-SOM. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Ciências Aeronáuticas) – Faculdade de Ciências Aeronáuticas, Universidade do Sul de Santa Catarina, Palhoça, 2018.

BRASIL. Comando da Aeronáutica. Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. Apostila do Curso de Investigação de Acidentes Aeronáuticos. Brasília, DF, 2020.

BRASIL. Comando da Aeronáutica. Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. Portaria CENIPA nº 1/DAM, de 03 de dezembro de 2012.Aprova a edição do MCA 3-3 que dispõe sobre o Manual da Prevenção. Boletim do Comando da Aeronáutica, Rio de Janeiro, n. 72, 16 abr. 2013a.

BRASIL. Comando da Aeronáutica. Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. Portaria nº 2.231/GC3, de 23 de dezembro de 2013. Aprova a reedição da NSCA 3-3, que dispõe sobre a Gestão da Segurança de Voo na Aviação Brasileira. Boletim do Comando da Aeronáutica, Rio de Janeiro, n. 248, 30 dez. 2013b.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TRANSPORTE (Brasil). Brasil está entre os cinco países com aviação civil mais segura do mundo. Brasília, DF, 2016. Disponível em: https://www.cnt.org.br/agencia-cnt/ brasil-esta-entre-os-cinco-paises-com-aviacao-civil-mais-segura-do-mundo-cnt. Acesso em: 20 de jun. de 2021.

DIANA, D. F.; RUCHINSKI, G. C.; BREMM, M.; BOZZA, T. H.; SOCZEK, T.; RIBEIRO, V. L. B. Benefícios da otimização de processos: como ganhar tempo e melhorar a produtividade. Revista Eletrônica Conhecimento Interativo, [s. l.], n. 1, v. 2, p. 429-446, ago. 2020.

FERRARI, J. A. Análise dos riscos e prevenção de acidentes na gestão: uso da ferramenta “Pirâmide de Frank Bird. In: WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA, 1., 2006, São Paulo. Anais […]. São Paulo: Centro Paula Souza, 2006.

HEINRICH, H. W. lndustrial accident prevention: a scientific approach. New York: McGraw-Hill, 1931.

INTERNATIONAL CIVIL AVIATION ORGANIZATION (ICAO). Doc 9859: Safety Management Manual (SMM). 4. ed. Montreal: ICAO, 2018.

INTERNATIONAL CIVIL AVIATION ORGANIZATION (ICAO). The integration of human factors in research, operations and acquisitions. Beijing, China: ICAO, 2014.

KOSNER, A. W. The appification of everything will transform the world’s 360 million web sites, Forbes: [United State], 2012. Disponível em: https://www.forbes. com/sites/anthonykosner/2012/12/16/forecast-2013-the-appification-of-everything-will-turn-the-web-into-an-app-o-verse/#e6d4ff514bd6. Acesso em: 20 de set. de 2021.

MADEINWEB. Uso de aplicativos nas empresas otimiza os processos. MadeinWeb: [s. l.], 2018. Disponível em: https://www.madeinweb.com.br/uso-de-aplicativos-nas-empresas-otimiza/. Acesso em: 16 de out. de 2021.

MARTINS, D. A.; GUIMARÃES, L. A. M.; LANGE FILHO, R.; SIQUEIRA, L. V. R. O conceito de fatores humano na aviação. Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas, 2006.

OLIVEIRA, T. S. Dependência do smartphone: um estudo da Nomofobia na formação de futuros gestores. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Mestrado em Administração) – Universidade Potiguar, Natal, 2018. Disponível em: https://www.unp.br/wp-content/ uploads/2015/08/Disserta%C3%A7%C3%A3o_ ThycianeSantosOliveira-.pdf. Acesso em: 20 de jun. de 2021.

REASON, J. Human Error: models and management. British Medical Journal, [United Kingdom], v. 320, mar. 2000.

REASON, J. Human Error. Cambridge University Press: [United Kingdom], 2009.

RODRIGUES, T. C.; OLIVEIRA, M. M.; FERREIRA, M. C.; SILVA, F. D. Aquisição e aspectos do uso de smartphones por estudantes universitários. In: ENCONTRO DE GESTÃO DO ALTO DO PARANAÍBA, 4., 2016, Rio Paraíba, MG. Anais […]. Rio Paraíba: UFV, 2016.

SOBREDA, S. F. SERA – uma ferramenta para análise de classificação do erro humano em acidentes aeronáuticos.2011. Dissertação (Mestrado Profissional em Engenharia Aeronáutica) – Instituto de Tecnologia da Aeronáutica, São José dos Campos, 2011.

WK SERVIÇOS. A importância dos aplicativos mobile para a gestão empresarial. [Blumenal, SC], 2019. Disponível em: https://wk.com.br/blog/a-importancia-dos-aplicativos-mobile-para-a-gestao-empresarial/. Acesso em: 16 de out. de 2021.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Edição

Seção

Estudos de Caso