Comparação Entre os Critérios de Projeto de Carga de Vento e Efeito Sopro de uma Detonação – Caso das Torres de Alta Tensão

Autores

  • Fausto Batista Mendonça Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)
  • Girum Solomon Urgessa George Mason University (GMU)
  • Koshun Iha Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)
  • José Atílio Fritz Fidel Rocco Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

Palavras-chave:

Materiais energéticos, Estrutura metálica, Carga dinâmica

Resumo

O comportamento de estruturas de construção civil sob efeitos de cargas dinâmicas é um critério importante para a segurança das edificações. Carregamentos de vento e efeitos de detonação têm sido causas de alguns colapsos observados nos últimos anos, seja por forças da natureza ou ações beligerantes. Confrontando as considerações de normas de cargas de vento com efeitos de detonação notou-se que as cargas oriundas da detonação de materiais energéticos foram muito maiores que as consideradas por normas para efeitos do vento. Os resultados alcançados nessa comparação apontaram a necessidade de se levar em consideração, na fase de projeto, estas cargas para estruturas que tenham significado estratégico ou tático importante para o funcionamento do Estado em um período de conflito, como as estruturas metálicas de torres de alta tensão. Testes de campo com explosivos gerando ondas de choque contra estruturas metálicas foram recomendados, uma vez que os resultados apresentados aqui foram apenas teóricos.

Referências

W. C. L. Silva. (2007). Blast – Efeito da onda de choque no ser humano e nas estruturas. Tese de Mestrado. Instituto Tecnológico de Aeronáutica, São José dos Campos, 107p.

W. Mamrak. (2013). Blast wave propagation in the air and action on rigid obstacles. Master’s Thesis. Faculty of Civil and Environmental Engineering – Poznan University of Technology, Poznan,106p.

W. W. Berning. (1948). “Investigation of the propagation of blast waves over relatively large distance and the damaging possibilities of such propagation.” Ballistic Research Laboratories. Report n° 675. 50p.

Abdelahad F. A. (2008). Analysis of blast/explosion resistant reinforced concrete solid slab and T-beam bridges. Master Science Thesis. Florida Atlantic University. 132p.

N. Toric, A. Harapin, I. Boko. “Experimental verification of a newly developed implicit creep model for steel structures exposed to fire.” Engineering Structures. 57, 2013, p. 116-124.

D. K. Banerjee. “Uncertainties in steel temperatures under fire.” Fire Safety Journal. 61, 2013, p. 65-71.

L. Choe, A. H. Varma, A. Agarwal, A. Surovek. “Fundamental behavior of steel beam-columns and columns under fire loading: experimental evaluation.” Journal of Structural Engineering – ASCE. 137, 2011, p. 954-966.

Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Austenita. Acessado em 14 de maio de 2014, às 15:30h.

A. Agarwal, A. H. Varma. “Fire induced progressive collapse of steel building structures: The role of interior gravity columns.” Engineering Structures. 58, 2014, p. 129-140.

Disponível em: http://www.msrecord.com.br/noticia/ver/41335/chuva-e-vendaval-derruba-9-torres-de-transmissao-de-energia-da-eletrosul. Acessado em 26 de maio de 2014, às 16:00h.

K. de S. Sing. (2009). Análise estática de torres metálicas treliçadas autoportantes para linhas de transmissão. Dissertação de Mestrado. UnB, Brasília, 110p.

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, “NBR 6123: Forças devido ao vento em edificações”, Rio de Janeiro, 1988.

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, “NBR 6120: Cargas para o cálculo de estruturas de edificações”, Rio de Janeiro, 1980.

Downloads

Publicado

2021-09-30

Como Citar

[1]
F. Batista Mendonça, G. Solomon Urgessa, K. Iha, e J. Atílio Fritz Fidel Rocco, “Comparação Entre os Critérios de Projeto de Carga de Vento e Efeito Sopro de uma Detonação – Caso das Torres de Alta Tensão”, Spectrum, vol. 22, nº 1, p. 42–46, set. 2021.

Edição

Seção

Sistemas de Armas e Aplicações Espaciais

Categorias