Modelo de simulação aplicado às missões de transporte na região amazônica

Autores

  • João Paulo de Andrade Dantas Instituto de Estudos Avançados (IEAv)
  • Caio Augusto de Melo Silvestre Instituto de Aplicações Operacionais (IAOp)

Palavras-chave:

Região Amazônica, Simulação, Transporte Aéreo

Resumo

A região amazônica representa um grande desafio logístico aéreo para a Força Aérea Brasileira (FAB), pois a manutenção dos principais Pelotões Especiais de Fronteira (PEFs) demanda a constante realização de missões de transporte de pessoas e de cargas em áreas remotas. Nesse contexto, o artigo propõe um modelo de simulação que possibilite a otimização do uso de recursos da FAB por meio de um plane-jamento mais eficiente das rotas aéreas. Amostras dos últimos voos realizados foram utilizadas para realização da modelagem estatística do problema e validação do modelo de simulação, fornecendo uma abordagem mais realista do sistema complexo ana-lisado. O modelo de simulação proposto constitui-se da modelagem estocástica dos processos de carre-gamento e descarregamento de carga no aeródromo de São Gabriel da Cachoeira (SBUA) e nos PEFs da Região do Alto do Rio Negro. Como estudo de caso, foram analisados os impactos da redução do tempo de carregamento em SBUA na execução da missão aérea. Este modelo de simulação pode ser aplicado no contexto operacional das missões aéreas realiza-das pela FAB e fornecer uma metodologia robusta de planejamento de missões aéreas na região.

Biografia do Autor

João Paulo de Andrade Dantas , Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

O 1° Ten Eng João Paulo de Andrade Dantas concluiu em 2015 a graduação emEngenharia Mecânica-Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).Possui mestrado pelo Programa de Pós-graduação em Engenharia Eletrônica e Computação (PG/EEC) no ITA e atualmente é pesquisador do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) no Grupo de Ciência de Dados da Divisão de C4ISR.

Caio Augusto de Melo Silvestre, Instituto de Aplicações Operacionais (IAOp)

O Cap Av Caio Augusto de Melo Silvestre concluiu o CFO em 2011. Em 2014, realizou o Curso de Especialização em Análise de Ambiente Eletromagnético no Ins-tituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Em 2018, concluiu o mestrado no Programa de Pós-Graduação em Aplicações Operacionais (PPGAO) no ITA. Atualmente é Adjunto da Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento no Instituto de Aplicações Operacionais (IAOp).

Referências

COMAER - Comando da Aeronáutica. Manual de Rotas Aéreas. ROTAER, 2013.

PILETTI, F. J. Segurança e defesa da Amazônia: o Exército Brasileiro e as ameaças não tradicionais. Tese de Doutorado. UFRGS, Porto Alegre, 2008.

COX, D.R. Renewal Theory. Methuen, p. 20, 1967.

FLEXSIM. Erlang Distribution. Disponível em: <https://answers.flexsim.com/articles/14145/ erlang-2.html>. Acesso em 9 maio 2018.

SEGERSTEDT, Anders. A simple heuristic for vehicle routing – A variant of Clarke and Wright’s saving method. International Journal of Production Economics, v. 57, p. 74-79, 2013.

SILVA, D.M. Uma heurística para o problema de veículos com múltiplas viagens. Dissertação de Mestrado. UFF, Rio de Janeiro. 2012.

Downloads

Publicado

2020-07-21

Como Citar

[1]
J. P. de A. Dantas e C. A. de M. Silvestre, “Modelo de simulação aplicado às missões de transporte na região amazônica”, Spectrum, nº 21, p. 10–15, jul. 2020.