Desenvolvimento de modelos de simulação para engajamento de mísseis infravermelhos

Autores

  • Caio Augusto de Melo Silvestre Instituto de Aplicações Operacionais (IAOp)
  • Lester de Abreu Faria Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

Palavras-chave:

Guerra Eletrônica, mísseis infravermelhos, Simulação, Realidade Virtual

Resumo

O crescente desenvolvimento tecnológico da Força Aérea Brasileira (FAB) demanda, cada vez mais, o desenvolvimento de técnicas que permitam a avaliação e predição do desempenho de sistemas complexos. Neste contexto, o presente trabalho propõe um modelo de simulação para engajamentos de mísseis infravermelhos, empregando-se um cenário virtual cujas características correspondem a parâmetros radiométricos. Como estudo de caso, apresenta-se o modelamento da assinatura infravermelha de uma aeronave Boeing 737, em múltiplas bandas de interesse do espectro infravermelho. Além disso, modelamentos de autodiretores de 1ª, 2ª e 3ª gerações foram estudados e apresentados. Por fim, processos de integração do cenário em realidade virtual com a dinâmica do míssil e com as contramedidas infravermelhas foram descritos.

Biografia do Autor

Caio Augusto de Melo Silvestre, Instituto de Aplicações Operacionais (IAOp)

O Cap Av Caio Augusto de Melo Silvestre concluiu o CFO em 2011. Em 2014, realizou o Curso de Especialização em Análise de Ambiente Eletromagnético no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Em 2018, concluiu o mestrado no Programa de Pós-Graduação em Aplicações Operacionais (PPGAO) no ITA. Atualmente é Adjunto da Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento no Instituto de Aplicações Operacionais (IAOp).

Lester de Abreu Faria, Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

O Cel Av Lester de Abreu Faria concluiu o CFO em 1993. Possui graduação, Mestrado e Doutorado em Engenharia Eletrônica (2004, 2010 e 2014), todos pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA. Professor Credenciado nos Programas de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica e Computação (PG-EEC) e de Ciências e Tecnologias Aeroespaciais (PG-CTE) do ITA.

Referências

TITTERTON, D. The interaction in the development of optical missile seekers and jammer technology. The imaging Science Journal, v.58, p. 276-285, 2010.

AUSTRALIAN GOVERNMENT. Man-Portable Air Defense Systems (MANPADS) Countering the terrorist threat. 2008.

BAQAR, S. Low-cost PC-based High-Fidelity Infrared Signature Modelling and Simulation. Phd Thesis - Cranfield University, 2007.

STRICKLAND, J. Missile Flight Simulation – Surface to Air Missiles. 2. Ed. Raleigh: Lulu Press, 2015.

JACKMAN, J. Pre-emptive Infrared Countermeasures. PhD Thesis – Cranfield University, 2011.

DUDZIC, M. C. The Infrared and Electro-optical Systems Handbook – Volume 4: Electro-optical Systems Design, Analysis and Testing. SPIE Press, 1993.

COIRO, E.; CHATELARD, C.; DURAND, G.; LANGLOIS, S.; MARTINENQ, J. P. Experimental Validation of an Aircraft Infrared Signature Code for Commercial Airliners. American Institute of Aeronautics and Astronautics. In: 43rd Termophysics Conference, Nova Orleans, 2012.

SILVESTRE, C. A. M.; FARIA, L. A.; NUNES, D. A. Directed Infrared Countermeasures (DIRCM): Conhecendo Conceitos para se desenvolver doutrina. SPECTRUM: Revista do Comando Geral de Operações Aéreas, Brasília, n.20, p.4-10, set. 2017.

BAE, T.; KIM, B.; KIM, Y.; AHN, S.; Jamming effects analysis of infrared reticle seeker for directed infrared countermeasures. Infrared Physics and Technology, v. 55, p. 431-441. 2012.

JAHNG, S.; HONG, H.; HAN, S.; SEO, D.; CHOI, J. 3D simulator for the rosette-scanning sekker using the thresholding techniques. In: SPIE Conference on Acquisition, Tracking and Pointing. Orlando, Florida, 1999.

CECIN, Y. B.; Análise do desempenho de um míssil com seis graus de liberdade usando navegação proporcional perseguindo um alvo manobrável. Dissertação de Mestrado – Instituto Tecnológico de Aeronáutica, 1989.

MAGALHÃES, L. B.; ALVES, F. P. D. Estimation of radiant intensity and average emissivity of Magnesium/Teflon/Viton (MTV) Flares. In: SPIE Conference on Infrared Imaging Systems: Design, Analysis, Modeling and Testing. Orlando, Florida, 2010.

Publicado

2020-07-21

Como Citar

[1]
C. A. de M. Silvestre e L. de A. Faria, “Desenvolvimento de modelos de simulação para engajamento de mísseis infravermelhos”, Spectrum, nº 21, p. 53-60, jul. 2020.

Edição

Seção

Análise Operacional e Engenharia Logística