O teatro de operações norte na Segunda Guerra: enfoques acerca da batalha da Inglaterra

Autores

  • Madison Coelho de Almeida

Palavras-chave:

Batalha da Inglaterra. Bombardeios. Dissuasão. Segunda Grande Guerra.

Resumo

O Teatro de Operações Norte, durante a Segunda Grande Guerra, teve como grande marco histórico a Batalha da Inglaterra. Tal conflito, em 1940, foi decisivo para a mudança de planos táticos nazistas, em relação à possível (mas não necessariamente viável) invasão alemã do arquipélago britânico. Através de uma pesquisa bibliográfica, de cunho exploratório, reveemse conceitos teóricos e doutrinários e sua aplicação entre as forças combatentes nessa Batalha, objeto do estudo realizado. Como questões que norteiam o trabalho, estão os antecedentes históricos, existentes no pré-guerra (como o aspecto de dissuasão), a luta empreendida para a obtenção da superioridade aérea, além das nuances de liderança e de organização. Um balanço de poder é feito entre alemães e britânicos, bem como é feita a descrição da dinâmica da Batalha. Os ataques e bombardeios pretendidos e empreendidos pela Luftwaffe receberam forte oposição dos aliados, sendo que os resultados alcançados são, por fim, discutidos no contexto do desenrolar das ações de guerra.

Publicado

2016-04-15