Avaliação da métrica de disponibilidade para o suporte logístico dos simuladores de voo da aeronave A-29 da Força Aérea Brasileira

Autores

  • Luisa Amaral de Almeida
  • Rachel Andrade Ballardin
  • Danilo Garcia Figueiredo Pinto

DOI:

https://doi.org/10.34180/2447-9365.2019v4n1p4

Palavras-chave:

Simulador de Voo. Contrato de Suporte Logístico. Métrica de Desempenho.

Resumo

Este artigo apresenta uma análise da utilização da métrica de disponibilidade como indicador de desempenho para os Contratos de Suporte Logístico (CLS) de simuladores de voo das aeronaves A-29 da Força Aérea Brasileira (FAB). Tal abordagem justifica-se pelo fato de que a escolha de métricas adequadas para medir o desempenho do suporte logístico oferecido pelas contratadas pode elevar a qualidade do serviço prestado, aumentando a disponibilidade dos equipamentos e proporcionando um melhor treinamento para os pilotos. Para tanto, a análise pretendida utilizará o framework desenvolvido por Caplice e Sheffi (1994), para avaliação de métricas logísticas. A metodologia utilizada será realização de pesquisa bibliográfica e análise de um estudo de caso. O estudo de caso considerou os dados históricos do CLS dos simuladores A-29 da FAB, no período de 2010 a 2017. A pesquisa demonstrou que o uso da disponibilidade dos simuladores para avaliação da performance do referido CLS apresentou-se deficiente em sete dos oito critérios estabelecidos no framework. Dessa forma, evidenciou-se a importância da utilização de métricas complementares e/ou de substituição à existente para melhoria da avaliação do desempenho nos próximos contratos, a fim de prover um suporte logístico com maior qualidade. Assim, serão apresentadas sugestões de métricas adequadas para sanar as deficiências encontradas durante a aplicação do framework, tais como “capacidade parcial de missões”, “incapacidade total de missões” e “tempo de retorno do reparo”.

Publicado

2020-04-15