A Terceira Guerra da Indochina (1975-1991): Um inesperado conflito armado entre Estados socialistas

Autores

  • Paulo G. Fagundes Visentini
  • Maria Gabriela O. Vieira
  • Pedro Henrique Prates Cattelan

Palavras-chave:

Terceira Guerra da Indochina. Relações Internacionais da Ásia. Regimes Socialistas. Guerra Fria

Resumo

O presente artigo tem o intuito de apresentar a Terceira Guerra da Indochina, um conflito entre a República Socialista do Vietnã e a República Popular da China. Esse conflito se insere em um contexto, no qual após derrotar a França e Estados Unidos na I e na II Guerra da Indochina, respectivamente, e realizar a unificação do seu território o Vietnã não encontrou paz. Paralelamente, o regime do Kampuchea Democrático (o Kampuchea Democrático fora a denominação adotada, pelo Khmer Vermelho para identificar o que é hoje o Reino do Camboja, vigente de 1976 até1979), de linha maoísta, passou a hostilizar o Vietnã, que, por razões que serão exploradas ao longo do artigo, acabou intervindo no país em 1978. A China, que havia deteriorado suas relações com o Vietnã, invadiu o país permanecendo em território vietnamita durante um mês. Mais do que as tensões regionais e os alinhamentos externos, o que estava em jogo era a rivalidade sino-soviética. Assim, a III Guerra da Indochina representou um grande conflito armado entre nações comunistas.

Publicado

2017-12-30