ADS-B no espaço aéreo Brasileiro

Propostas de melhorias da regulação

Autores

  • Raul Sandoval Cerqueira ANAC

Palavras-chave:

ADS-B, Regulação., Vigilância, Aviação Civil

Resumo

 A Vigilância Dependente Automática por Radiodifusão (ADS-B) é uma tecnologia bastante conhecida, padronizada internacionalmente e reconhecida como uma forma barata de se realizar vigilância similar ao radar, inclusive sobre locais onde a vigilância por radar convencional não é adequada. A implementação desta tecnologia significa a introdução de novas configurações de espaço aéreo monitorado e novas capacidades operacionais. A regulamentação do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) deverá prover processos adequados para as operações da aviação civil de forma a fazer frente a esta etapa evolutiva. Este estudo cujo objetivo é contribuir para o fortalecimento da regulação que dará suporte ao ADS-B no Brasil foi desenvolvido com base no método hipotético-dedutivo, subsidiado por revisão bibliográfica, entrevistas não estruturadas do tipo focalizadas, estudos de casos de regulação internacional e estudo de caso de implantação nacional do ADS-B. Resultou na identificação de hipóteses de melhorias regulatórias com impacto positivo à implementação do ADS-B no espaço aéreo nacional, a serem submetidas à verificação e discussão posteriores.

Referências

AIREON. AIREON data successfully integrated with ATECH Sagitario system. AIREON website, 2019a. Disponível em: https://aireon. com/2019/10/21/aireon-data-successfully-integrated-atech-sagitario-system/. Acesso em 22 jul. 2020.

AIREON. The Executive Reference Guide to Space-Based ADS-B. AIREON website, 2019b. Disponível em: https://www.aireon.com. Acesso em 27 dez. 2019.

AIREON. Timeline. AIREON website, 2020. Disponível em: https://aireon.com/timeline/. Acesso em 22 jul. 2020.

AUSTRÁLIA. Civil Aviation Agency Authority. AC 21.45 Airworthiness approval of airborne automatic dependent surveillance broadcast equipment. Canberra, ATC, Australia. 2015.

AUSTRÁLIA. Civil Aviation Agency Authority. AC 91.23 ADS-B for enhancing situational awareness. Canberra, ATC, Australia. 2020a.

AUSTRÁLIA. Civil Aviation Agency Authority. CAO 20.18 Aircraft equipment - basic operational requirements. Canberra, ACT, Australia. 2020b.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Concepção operacional ATM nacional (DCA 351-2). Brasília, DF, Brasil. 2011.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Inspeção em voo para Vigilância Dependente Automática por Radiodifusão (ADS-B) (CIRCEA 121-7). Brasília, DF, Brasil. 2017a.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Manual de Coordenação de Busca e Salvamento Aeronáutico (MCA 64-3). Brasília, DF, Brasil. 2019.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Preenchimento dos formulários de plano de voo (MCA 100-11). Brasília, DF, Brasil. 2017c.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Reestruturação de espaço aéreo da área de controle terminal (TMA) de Macaé com aplicação do sensor ADS-B, aumento da cobertura VHF, implementação do conceito de espaço aéreo exclusivo ADS-B e prov. de prod. met. a partir de EMS-A (AIC 47/18). 1 ed. Rio de Janeiro, RJ, Brasil: 2018a.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Requisitos dos serviços de tráfego aéreo (ICA 100-31). Brasília, DF, Brasil. 2017b.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Serviços de Tráfego Aéreo (ICA 100-37). Brasília, DF, Brasil. 2019.

BRASIL. Ministério da Defesa. Comando da Aeronáutica. Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Vigilância Dependente Automática por Radiodifusão (ADS-B) na TMA Macaé (AIC 40-17). Brasília, DF, Brasil. 2018b.

BRASIL. Ministério da infraestrutura. Agência Nacional de Aviação Civil. Brazilian Civil Aviation Sector. Sítio da ANAC. 2021. Disponível em: https://www.anac.gov.br/en/ about-anac/brazilian-civil-aviation-sector. Acesso em 28 abr. 2020.

BRASIL. Ministério da Infraestrutura. Agência Nacional de Aviação Civil. Instruções para obtenção de aprovação de instalação de GNSS (IS 21-013). Ed. B. Brasília, DF, Brasil. 2016.

BRASIL. Ministério da Infraestrutura. Agência Nacional de Aviação Civil. Requisitos gerais de operação para aeronaves civis. (RBAC 91). ed. EMD 01. Brasília, DF, Brasil. 2019.

CANADÁ. Transport Canada. Automatic Dependent Surveillance – Broadcast. 02 ed. Ottawa, ON, Canada. 2011.

CANADÁ. Transport Canada. TP 6010 Canada`s Airspace. 3 ed. Ottawa, ON, Canada. 2018.

CANSO. ANSP Guidelines for Implementing ATS Surveillance Services Using Space-Based ADS-B. Vol. 1. Montréal, Quebec, Canada: 2016. Disponível em: https://www.canso.org/. Acesso em 16 jan. 2020.

CANSO. SIRIUS written in the stars. Airspace 1(47), p. 32. 2019. Disponível em: https://www.canso. org/airspace-47-q4-2019. Acesso em 16 jan. 2020.

ESTADOS UNIDOS. U.S. Department of Transportation. Federal Aviation Administration. AC 20 165 B - Airworthiness Approval of Automatic Dependent Surveillance - Broadcast OUT Systems. Washington, DC, USA. 2015.

ESTADOS UNIDOS. U.S. Department of Transportation. Federal Aviation Administration. AC 90 114 B - Automatic Surveillance-Broadcast Operations. Ed. B. Washington, DC, USA. 2019.

ESTADOS UNIDOS. U.S. Department of Transportation. Federal Aviation Administration. SRT 047 - Surveillance and Broadcast Services Description Document. ed. 04. Washington, DC, USA. 2018.

ESTADOS UNIDOS. U.S. Government Publishing Office. National Archives and Records Administration. Office of the Federal Register. CFR Title 14 Chapter I Subchapter F Part 91 - General Operating and Flight Rules. eCFR, USA, Editor. 2020. Disponível em: https://www.ecfr.gov/cgi-bin/text-idx?node=14:2.0.1.3.10. Acesso em 06 ago. 2020.

FAGUNDES, Marcelo Mello. DECEA ADS-B Satellital. Sítio do DECEA. 2020. Disponível em DECEA: https://www.decea.mil.br/. Acesso em 11 fev. 2021.

INFRAERO. Manual do controle de aproximação de Macaé. Macaé, RJ, Brasil. 2019a.

INFRAERO. Modelo operacional do controle de aproximação Macaé - APP ME. Macaé, RJ, Brasil. 2019b.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5. Ed. São Paulo: Atlas 2003.

NAV CANADA. NAV Canada Web Site. 2020. Disponível em https://www.navcanada.ca/EN/ products-and-services/Pages/Space-based-ADS-B. aspx. Acesso em 12 de 08 de 2020,

OACI. 23 Meeting of the SAM Implementation Group - Final report. Program follow up. ICAO, SAM office, Lima. 2019a.

OACI. Annex 10 – Aeronaultical Telecomunications. Vol. IV - Surveillance and Collision Avoidance Systems. 5. Ed. Montréal, Quebec, Canada: 2014.

OACI. Annex 11 - Air Traffic Services. 14. Ed. Montréal, Quebec, Canada: OACI 2016.

OACI. Assessment of ADS-B and Multilateration Surveillance to Support Air Traffic Services and Guidelines for Implementation (Cir 326). Montréal, Quebec, Canada: OACI 2012.

OACI. Global Air Navigation Plan – GANP. Doc 9750. GANP Portal. 2019b. Disponível em: https://www4.icao.int/ganpportal/. Acesso em 16 jul. 2020.

OACI. SAM meetings documents. ICAO web site. 2017a. Disponível em: https://www.icao.int/ SAM/Documents/Forms/AllItems.aspx. Acesso em 16 jul. 2020.

OACI. Status of ADS-B implementation in Brasil (WP/08 Rev.2). Working paper, ICAO, SAMIG. Mexico city. 2018a.

OACI. Study of the feasibility and convenience of using the satellite-based ADS-B service in the SAM region. (WP/17 26/10/18). Lima. 2018.

OACI. ICAO SAM regional group site. GREPECAS SAM. 2017b. Disponível em https://www.icao.int/ SAM/Documents/Forms/AllItems.aspx. Acesso em 20 jul. 2020.

RTCA. Minimum Aviation System Performance Standards for Automatic Dependent Surveillance Broadcast (ADS-B) (DO-242). Washington, DC, USA: RTCA Inc. 1998.

RTCA. Minimum Aviation System Performance Standards for Automatic Dependent Surveillance Broadcast (ADS-B) (DO 242 A). Washington, DC, USA: RTCA Inc. 2002.

RTCA. Minimum Operational Performance Standards (MOPS) for 1090MHz Automatic Dependent Surveillance - Broadcast (ADS-B) (DO 260). Washington, DC, USA: RTCA Inc. 2000.

SPITZER, Cary R.; FERRELL, Uma; FERREL, Thomas. Digital Avionics Handbook. 3. Ed. Boca Raton, FL, United States: CRC Press. 2014.

Downloads

Publicado

2018-12-20

Edição

Seção

Artigos de Revisão