Impacto das Parametrizações de Camada Limite Planetária do MM5 na Previsão de Ventos em Baixos Níveis

Autores

  • Gerson Luiz Camillo EAOAR (CAP 2/2010) e ICEA/CINDACTA I (Projeto de Modelagem Numérica de Tempo) BRASÍLIA/DF

DOI:

https://doi.org/10.22480/revunifa.2011.23.642

Palavras-chave:

MM5, Parametrização, Camada limite planetária, Vento

Resumo

O modelo de previsão numérica MM5 é composto de equações básicas do movimento atmosférico e de parametrizações. Uma delas é a de camada limite planetária (CLP), onde ocorrem importantes fenômenos meteorológicos que interferem na atividade humana, como o nevoeiro, cuja previsão depende de análise de vários fatores, incluindo o vento. O objetivo desta pesquisa foi de quantificar influências das parametrizações CLP na previsão de ventos em níveis baixos do modelo MM5 para a localidade de Porto Alegre, em condições atmosféricas estáveis. Esta pesquisa classifica-se como descritiva, quanto aos fins e experimental, quanto aos meios, de maneira que foram selecionados cinco dias típicos seguidos com ocorrência de nevoeiro. O período foi caracterizado pela presença de uma camada estável em níveis baixos. Os seguintes esquemas de parametrização foram avaliados: Blackadar, Burk-Thompson, MY2.5, Hong-Pan e Gayno-Seaman. O modelo foi executado com um esquema diferente para todos os dias. As previsões foram correlacionadas com as observações obtidas da radiossondagem de SBPA das 12 UTC. A parametrização Blackadar e Hong-Pan foram as que influenciaram o MM5 de forma a produzir os resultados de magnitude de vento mais próximos aos dados observacionais. Quanto à direção do vento, a maior parte dos esquemas obteve bons resultados, exceto Burk-Thompson, que divergiu a partir de 300 m. Concluindo, tanto a parametrização Hong-Pan quanto a Blackadar podem ser usadas no modelo de previsão MM5, principalmente quando a atmosfera encontrar-se estável em níveis baixos.

Referências

ARYA, S. P. S. Suggested revisions to certain boundary layer parameterization schemes used in atmospheric circulation models. Monthly Weather Review, [S.l.], v. 105, issue 2, p. 215-227, feb. 1977.

BRAUN, S. A.; TAO; W. Sensitivity of High-Resolution Simulations of Hurricane Bob (1991) to Planetary Boundary Layer Parameterizations. Monthly Weather Review, v. 128, issue 12, p. 3941–3961, dec. 2000.

BRIGHT, D. R.; MULLEN, S. L. The Sensitivity of the numerical simulation of the southwest monsoon boundary layer to the choice of PBL turbulence parameterization in MM5. Weather and Forecasting, [S.l.], v. 17, issue 1, p. 99-114, feb. 2002.

CHEN, C. et al. Using MM5 to hindcast the ocean surface forcing fields over the gulf of maine and georges bank region. J. Atmos. Oceanic Technol., [S.l.], v. 22, issue 2, p. 131-145, feb. 2005.

DURANTE, F.; de PAUS, T. A comparison of MM5 and meteo mast wind profiles at Cabauw, the Netherlands and Wilhelmshaven, Germany. e WindEng Journal, [S.l.], 2006. Disponível em: <http://ejournal.windeng.net/13/>. Acesso em: 10 set. 2010.

GULTEPE, I. Fog and boundary layer clouds: fog visibility and forecasting. Pure and Applied Geophysics, [S.l.], v. 164, n. 6-7, 2007.

HOLTSLAG, A. A. M.; BOVILLE, B. A. Local Versus Nonlocal Boundary-Layer Diffusion in a Global Climate Model. Journal of Climate, [S.l.], v. 6, issue 10, p. 1825-1842, oct. 1993.

LEE, S-M.; FERNANDO, H. J. S. Planetary boundary layer structure of the paso del norte airshed: a numerical study. The U.S.-Mexican border environment:Air Quality Issues along the U.S.-Mexican Border, [S.l.], n. 6, p. 59-80, 2003. Disponível em: <http://www.scerp.org/pubs/m6c2.pdf>. Acesso em: 27 set. 2010.

STEENEVELD, et al. Mesoscale model intercomparison and observational evaluation for three contrasting diurnal cycles in CASES99: focus on the stable boundary layer. In: 17th Symposium on Boundary Layers and Turbulence, San Diego, CA, may 2006 Anais eletrônicos... San Diego, CA, may 2006. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2010.

THOMSEN, G. L.; SMITH, R. K. The importance of the boundary layer parameterization in the prediction of lowlevel convergence lines. Monthly Weather Review, [S.l.], v. 136, issue 6, p. 2173–2185, June 2008. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1175/2007MWR2190.1>. Acesso em: 25 set. 2010.

UCAR. MM5 Tutorial. Disponível em: <http://www.mmm.ucar.edu/mm5/documents/tutorial-v3-notes.html>. Acesso em: 08 ago. 2010.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

ZHANG, D.; ZHENG, W. Diurnal cycles of surface winds and temperatures as simulated by five boundary layer parameterizations. Journal of Applied Meteorology, [S.l.], v. 43, issue 1, p.157-169, Jan. 2004.

Downloads

Publicado

2011-06-01

Como Citar

CAMILLO, G. L. Impacto das Parametrizações de Camada Limite Planetária do MM5 na Previsão de Ventos em Baixos Níveis. Revista da UNIFA, Rio de Janeiro, v. 23, n. 28, 2011. DOI: 10.22480/revunifa.2011.23.642. Disponível em: https://revistaeletronica.fab.mil.br/index.php/reunifa/article/view/642. Acesso em: 25 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais