A Influência dos Projetos Básicos nos Processos Licitatórios

Autores

  • Marcelo Antenuzzi de Almeida Curso de Comando e Estado-Maior/2010 - ECEMAR Rio de Janeiro - RJ

DOI:

https://doi.org/10.22480/revunifa.2011.23.644

Palavras-chave:

Projeto básico, Licitação, Contrato de manutenção, Terceirização

Resumo

Este trabalho buscou entender qual a influência dos projetos básicos nos processos licitatórios relativos a contratações de serviços de manutenção das aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), realizadas nos anos de 2008 e 2009. Para tanto, realizou-se uma pesquisa documental e bibliográfica. A fundamentação teórica escolhida pautou-se nos conceitos da Teoria Geral dos Sistemas, de Ludwig von Bertalanffy. Inicialmente, é apresentada uma visão geral do trabalho realizado. Em seguida, são abordados os principais fundamentos legais e doutrinários, o marco teórico utilizado e a metodologia da abordagem por processos. Na sequência são descritas as técnicas e os métodos utilizados. A coleta de dados foi realizada por meio de questionários dirigidos aos agentes da administração dos Parques de Material Aeronáutico relacionados com a elaboração de Projetos Básicos e suas respectivas licitações. Posteriormente, são apresentados os resultados da pesquisa obtidos por meio da análise e interpretação dos dados. Como conclusão, infere-se que os projetos básicos são considerados fatores críticos de sucesso nos processos licitatórios destinados às contratações de serviços de manutenção das aeronaves da FAB.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 9000: sistemas de gestão da qualidade - fundamentos e vocabulário. Rio de Janeiro, 2000.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 9001: sistemas de gestão da qualidade - requisitos. Rio de Janeiro, 2000.

BERTALANFFY, L. Teoria geral dos sistemas. 4. d. Petrópolis: Vozes, 2008.

BRASIL. Comando da Aeronáutica. Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico. ICA 66-13: serviços de manutenção nas empresas aeronáuticas. Rio de Janeiro, 2004.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988. Brasília, DF, 1988.

BRASIL. Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Lei de Licitações. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 1993.

BRASIL. Manual de licitações e contratos do Tribunal de Contas da União: orientações básicas. 3. ed. Brasília, DF, 2006.

CHIAVENATO, I. Introdução à teoria geral da administração. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

CRETELLA JÚNIOR, J. Das licitações públicas. 18. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2006.

GOMES, M. P. Construindo soluções acadêmicas: monografias, dissertações e teses do projeto à defesa. 2. ed. Rio de Janeiro: UNIFA, 2007.

JUSTEN FILHO, M. Comentários à lei de licitações e contratos administrativos. 11. ed. São Paulo: Dialética, 2005.

MARANHÃO, M.; MACIEIRA, M. E. B. O processo nosso de cada dia: modelagem de processos de trabalho. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2004.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MEIREILLES, H. L. Direito administrativo brasileiro. 19. ed. São Paulo: Malheiros, 1994.

PEREIRA JÚNIOR, J. T. Comentários à lei das licitações e contratações da administração pública. 6. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2003.

Downloads

Publicado

2011-06-01

Como Citar

ALMEIDA, M. A. de. A Influência dos Projetos Básicos nos Processos Licitatórios. Revista da UNIFA, Rio de Janeiro, v. 23, n. 28, 2011. DOI: 10.22480/revunifa.2011.23.644. Disponível em: https://revistaeletronica.fab.mil.br/index.php/reunifa/article/view/644. Acesso em: 25 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais